O câncer de intestino é o segundo mais frequente em Brasília e em algumas cidades brasileiras, embora seja um dos cânceres mais evitáveis que existem. Aos 50 anos, um quarto das pessoas desenvolve pólipos no intestino. Alguns desses pólipos podem se transformar em câncer. A colonoscopia é o único exame que pode encontrar e remover pólipos. É um exame recomendado para todos os homens e mulheres a partir dos 50 anos, quando os casos se tornam mais frequentes. 

SINTOMAS DO CÂNCER DE INTESTINO

Na fase inicial, o câncer de intestino costuma não apresentar sintomas, por isso é tão importante o exame de colonoscopia a partir dos 50 anos, quando os casos são mais frequentes. São sintomas do câncer de intestino:

  • sangue nas fezes
  • dor na região anal
  • cólicas ou dores abdominais
  • anemia e fraqueza
  • emagrecimento intenso
  • alterações no hábito intestinal (diarreia, intensa vontade de evacuar ou constipação)

COMO SE DETECTA O CÂNCER DE INTESTINO?

A colonoscopia hoje é o principal exame para diagnóstico precoce do câncer do intestino grosso. É um exame indicado para pessoas:

  • acima de 50 anos
  • acima de 40 anos que tenham histórico familiar de câncer colorretal
  • com alteração do hábito intestinal
  • com dores abdominais
  • com diarreia crônica
  • com sangramento anal

COMO SE PREVINE O CÂNCER DE INTESTINO?

alksjd;lfjalsdjl;kas;ldjf;lsjdljfa;lskjdf

  • a;lskdjf;lkasjdf ...

Dúvidas Frequentes

Uma entrevista com o Dr. Alessandro Paolo, coloproctologista do IAD Brasília

Todos os pacientes acima de 50 anos deverão submeter-se ao exame. Para pacientes com histórico familiar de câncer colorretal,  os acima de 40 anos deverão realizar o exame. E pacientes de qualquer idade com sintomas de sangramento retal, alteração no hábito Intestinal ou diarréia crônica deverão também realizar o exame.

“É o único exame capaz de detectar o câncer intestinal em estágio inicial. Sem esse exame, você não vai conseguir detectar. Vai conseguir detectar o câncer quando estiver avançado, porque aí o tumor já estará obstruindo. É aí que entram os protocolos: 45 anos, histórico familiar, sintomas diferentes, sangramento… tem que fazer o exame.”

“Depende muito de cada caso, podendo ser realizado anualmente, de 3/3 anos, de 5/5 anos. Depende muito do que se acha no primeiro exame. Se o resultado for normal, repete-se o exame em 3 anos. Se der normal novamente, em 5 anos. Pacientes que têm pólipos, retiram-se os pólipos durante o exame. Se der adenoma, o exame é repetido depois de 1 ano. Então isso é muito variável, é caso a caso.”

“Não. Colonoscopia é realizada com sedação venosa, diferente de anestesia. A anestesia se faz no centro cirúrgico; no consultório é sedação. O paciente não sente dor e não acorda durante o exame.”

“É um exame muito simples, não requer nada de extraordinário. É um procedimento dentro da colonoscopia. É feita a retirada de uns fragmentos do intestino para fazer biópsia. Normalmente, é feito com pacientes que têm doenças inflamatórias ou têm alguma úlcera ou ferida dentro do intestino.”

Câncer de Intestino:, Cólon: Previna-se

As consultas e os exames realizados no IAD Brasília podem ser agendados via chat ou whatsapp (botões disponíveis nas laterais da tela); por meio da página “Contato” do menu deste website; ou por nossos telefones fixos:

  • IAD Hospital Anchieta Taguatinga (61) 3351-3979
  • IAD Hospital Santa Lúcia Asa Sul (61) 3345-7723 (somente proctologia)

Para sua segurança, contamos com o suporte hospitalar e com equipe própria de anestesiologia em nossas unidades.

Fechar Menu